Falsos advogados se passam por ‘negociadores’ da CDHU

A Diretoria de Habitação da Prefeitura de Campo Limpo Paulista alerta para um novo golpe que está sendo aplicado na cidade, desta vez, envolvendo a Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano (CDHU).

Estelionatários fingem cobrar dívidas da companhia, se passando por um escritório de advocacia.

O falso boleto está sendo entregue via whatsapp ou até mesmo por meio de carta.

No arquivo enviado, eles citam uma suposta parceria entre a CDHU e o Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJSP), que possibilitaria o escritório a oferecer condições especiais para o pagamento das dívidas da CDHU.

Em nota, a CDHU informou que a empresa não negocia nem envia boletos por WhatsApp e não solicita depósito, transferência bancária ou PIX para pagamento de boletos ou quitação de débitos.

A companhia alerta para que se receber qualquer comunicado semelhante, desconsidere a mensagem.

Além disso, a companhia enfatiza que seus boletos são emitidos apenas pela Caixa Econômica Federal ou Banco do Brasil, cujos códigos de barras iniciam com 104 ou 001.

O mesmo golpe foi tentado junto a moradores do Morada das Vinhas, em Jundiaí.

 

%d blogueiros gostam disto: