PM é morto e assassino foge com a arma da vítima

O policial militar Juliano Ritter, de 31 anos, foi morto neste domingo (28) na Ponte dos Barreiros, em São Vicente, no litoral Sul paulista. De acordo com policiais que trabalhavam com Ritter, ele estava de serviço junto com uma policial feminina, quando apareceu um homem armado com pistola que atirou na cabeça do PM.

A policial feminina sacou sua arma e deu vários tiros. O assassino ainda conseguiu arrancar a pistola do policial e fugiu para a comunidade que existe na região.

Colegas ainda tentaram levar o PM para o hospital mas ele já estava em óbito.

Ritter trabalhava na Polícia Militar havia 7 anos.


A Polícia Militar do Estado de São Paulo publicou a seguinte mensagem:

“É com extremo pesar que a Polícia Militar do Estado de São Paulo informa o falecimento do Soldado PM Juliano Ritter, pertencente ao efetivo do 39° Batalhão de Polícia Militar do Interior, com sede em São Vicente/SP.

O Policial Militar estava na atividade policial quando foi alvejado por um disparo de arma de fogo. Ele foi socorrido, mas infelizmente veio a óbito.
Uma Instituição quase bicentenária tem sua história construída pelo trabalho e empenho de muitos que, dia a dia, se entregam a fazer o que amam e a defender o que acreditam. Sem esmorecer frente às dificuldades! Certamente, o SOLDADO PM JULIANO RITTER é parte dessa história! Somos gratos por todo legado deixado.
Nesse momento de dor, unimos nossos sentimentos aos da família e elevamos nossos pensamentos em Deus, rogando-lhe que, por meio de seu grande amor, possa consolar os corações e curar as feridas dessa separação.”

%d blogueiros gostam disto: