Itupeva intensifica exames de Infecções Sexualmente Transmissíveis

Começa nesta quarta-feira (1º) a campanha intitulada de ‘Dezembro Vermelho – Fique Sabendo’, com mobilização nacional para combater as Infecções Sexualmente Transmissíveis, especialmente HIV, sífilis, Hepatite B e a C.

Para isso, a Prefeitura de Itupeva, por meio da Secretaria de Saúde, vai intensificar os testes nas Unidades de Saúde. A secretária da pasta, Luciane Alves da Cunha, informa a importância da ação. “Prevenir e educar são a essência das ações mensalmente feitas para os temas relevantes na saúde pública e para a promoção da saúde para a população. Nesse mês de dezembro, vamos intensificar as ações para o tema IST/AIDS, cujo lema central é “Tire o peso da dúvida” e vamos adotar os devidos cuidados, evitando a transmissão para outras pessoas”, explicou ela.

Segundo informações da Vigilância Epidemiológica, nos últimos três anos o município contou com a notificação de 14 pacientes com HIV. Todos são acompanhados pelas equipes da Secretaria.

Com a ação da testagem para ampliar o diagnóstico desse tipo de doença, em casos positivos, o primeiro atendimento é feito na Unidade Básica de Saúde e, depois disso, os pacientes são encaminhados para tratamento no Ambulatório de Moléstias Infeccionas, em Jundiaí.


Os testes serão feitos das 7 às 19 horas nas seguintes Unidades: Central, USF Vila São João, USF Portal Santa Fé e USF Rio das Pedras. Já nas UBS Guacuri, Nova Era, Chave , Medeiros, Santa Elisa, Quilombo, Monte Serrat e Hortênsia, o atendimento é das 7 às 16 horas.

Prevenção

O uso do preservativo (masculino ou feminino) em todas as relações sexuais (orais, anais e vaginais) é o método mais eficaz para evitar a transmissão das IST, do HIV/Aids e das hepatites virais B e C.

A prevenção combinada abrange o uso do preservativo masculino ou feminino, ações de prevenção, diagnóstico e tratamento das IST, testagem para HIV, sífilis e hepatites virais B e C, profilaxia pós-exposição ao HIV, imunização para HPV e hepatite B, prevenção da transmissão vertical de HIV, sífilis e hepatite B, tratamento antirretroviral para todas as pessoas vivendo com HIV, redução de danos, entre outros.

Com informações da assessoria de imprensa

%d blogueiros gostam disto: