Governo Federal marca para 14 de janeiro discussão de subsídio da tarifa de ônibus

GUILHERME SETO

(FOLHAPRESS) – Integrantes do grupo de trabalho criado pelo Ministério do Desenvolvimento Regional para debater saídas para o rombo das empresas de transporte público causado pela pandemia vão se reunir com o Ministério da Economia e outras pastas para apresentar uma proposta de vale transporte para idosos e pessoas de baixa renda. A tarifa dos ônibus em Jundiaí deveria ter sido reajustada na virada do ano, mas a Prefeitura aguarda decisão do Governo Federal, para causar menos impacto no bolso do usuário.

As empresas de ônibus veem o subsídio federal como forma de evitar o reajuste nas tarifas e o Governo tem o interesse de evitar mais pressão inflacionária.

O encontro na pasta chefiada por Paulo Guedes, segundo a associação das empresas, será em 14 de janeiro.

Um dia antes, o grupo se reúne com representantes de Caixa Econômica, Controladoria-Geral da União e Ministério da Cidadania.

A pasta do Desenvolvimento Regional afirmou em nota que as reuniões servirão para “avaliar as possibilidades de viabilização das propostas, que dependem da alocação de recursos no orçamento”.

Os estudos sobre o vale transporte são realizados pela pasta desde 9 de dezembro.

O grupo de trabalho, segundo o MDR, tem como objetivo “avaliar e propor formas de operacionalização das propostas”.

As empresas calculam em R$ 22 bilhões as perdas pela baixa demanda e aumento dos combustíveis e pedem a ajuda federal e municipal.

 

%d blogueiros gostam disto: