Mulher cai em golpe em compra de iPhone no Enjoei

Uma moradora de Jundiaí, de 31 anos, caiu em um golpe durante compra de telefone celular iPhone pelo site Enjoei. Ela iniciou uma negociação para compra de aparelho modelo iPhone 11. A outra pessoa pedia a quantia de R$ 1.500,00. Durante a negociação, disse que deveria pagar taxa de R$ 750,00 para o Enjoei, para liberar a entrega.

A vítima fez as transferências solicitadas e durante a negociação a outra pessoa relatou que os depósitos não tinham caído na conta, sendo necessário fazer PIX e pagar novamente a taxa do Enjoei, de R$ 750,00.

Após várias transferências, o golpe já tinha somado R$ 6.170,00, quando a vítima solicitou números de telefones e CNPJ da empresa que estava vendendo o telefone, sendo que passaram o registro na Receita Federal de empresa que não tinha nada com o negócio.

A vítima procurou a Polícia Civil e prestou queixa do golpe de estelionato. A vítima foi atrás da suposta empresa e foi informada de que estão usando dados do CNPJ para golpes, tendo registrado boletim de ocorrência na Polícia.

O caso será encaminhado para a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí.

No site, o Enjoei informa que as negociações ocorrem “por pessoas reais, com histórias reais e preços reais”.

O Procon-SP tem agido com rigor em relação aos sites de vendas, exigindo que os consumidores tenham garantias de quem vende os produtos pelas plataformas.

O Enjoei confirma no site a cobrança de taxa sobre a venda de produtos: “sempre que o seu produto é vendido, você dispõe de uma comissão + taxa fixa de anúncio descontada do valor final de cada venda. Enjoei é o jeito mais fácil de comprar e vender online. nossa missão é seguir expandindo e colorindo essa internet. venha com a gente”.

%d blogueiros gostam disto: