JORNAL DA REGIÃO

JUNDIAÍ E REGIÃO

Campanha pede atenção de jovens para reduzir número de acidentes

Os jovens devem ter cuidado e atenção com as regras de trânsito. Esse é o tema de março proposto pelo Programa Laço Amarelo, desenvolvido em parceria da Prefeitura de Louveira com o Observatório Nacional de Segurança Viária com objetivo de conscientizar a população e diminuir o número de acidentes de trânsito nas vias da cidade.

A campanha prevê uma série de ações nas redes sociais, com postagens e vídeos, além da divulgação de conteúdo para a imprensa.

O tema deste mês tem foco nos jovens, que são as principais vítimas no trânsito no Brasil. Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2020, 32,6% do total de mortes no trânsito foram de pessoas com menos de 30 anos de idade.

Segundo o Observatório Nacional de Segurança Viária (ONSV), isso se deve ao fato de os jovens serem os que mais transitam: para estudar, trabalhar, passear e se divertir. A grande maioria fica mais tempo fora de casa.

Com o objetivo de diminuir esses números, a campanha pede atenção e cuidado dos jovens com regras básicas de trânsito. Confira abaixo algumas delas:

– Não utilizar o celular enquanto dirige
– Nunca dirigir depois de ingerir bebidas alcoólicas
– Respeitar as outras pessoas no trânsito
– Usar os equipamentos de segurança, como capacete nas motos e cinto de segurança em outros veículos
– Não ultrapassar o limite de velocidade
– Respeitar todas as sinalizações

“Ter cuidado e respeito pelas regras de trânsito protege você e todas as pessoas ao seu redor. É importante ressaltar que essa conscientização serve para todos, e não só para os jovens. Converse sobre isso com seus amigos e colegas”, disse Osvaldo Roberto Candido, secretário de Segurança de Louveira.

Dados
No mês de fevereiro, a Secretaria de Segurança registrou em Louveira 36 acidentes de trânsito. Duas pessoas ficaram feridas e duas morreram.

Já de 1º de janeiro até 15 de março deste ano, ocorreram 73 acidentes, que deixaram um total de sete pessoas feridas e causaram duas mortes.

%d blogueiros gostam disto: