Família reclama dos serviços de Saúde de Várzea Paulista

Uma família de Várzea Paulista está reclamando dos serviços de Saúde da Prefeitura de Várzea Paulista.

Segundo familiares do jovem G.S., de 19 anos, ele ficou desaparecido e quando encontrado estava debilitado mentalmente.

O rapaz foi levado para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), onde as enfermeiras prestaram auxílio. Mas, como está com o comportamento comprometido, não tem condições de ficar em casa e na UPA foi dispensado, porque se trata de internação psiquiátrica.

A família informa que tentou de tudo junto à Prefeitura e aos gestores de Saúde, mas sem resposta.

“Se não resolverem nós vamos na Polícia e na Justiça”, comentou a mãe do rapaz, que está desesperada.

A Prefeitura foi procurada e informou que o paciente continua em atendimento, em leito de isolamento.

%d blogueiros gostam disto: