Prefeitura anuncia dois planos habitacionais em Jundiaí

Dois novos programas habitacionais para Jundiaí foram anunciados, em parceria com a Secretaria de Estado da Habitação, em solenidade para a entrega de 123 títulos de propriedade no Jardim Antonieta, no bairro do Medeiros, na tarde desta segunda-feira (20). Juntos, quase mil famílias serão beneficiadas com titularidade da propriedade, construção de nova casa, pelo Caminhos do Traviú, ou reforma, pelo Viver Melhor Novo Horizonte.

“A habitação é uma necessidade e uma preocupação para as famílias. Jundiaí está empenhada em implementar iniciativas habitacionais para que as famílias consigam realizar o sonho da casa própria, regularizada e de qualidade. A partir de parceria com o Governo do Estado, duas novas frentes são anunciadas, com o Viver Melhor, dedicado à reforma de 400 residências no Novo Horizonte e o Caminhos do Traviú, que construirá quase 500 unidades habitacionais para famílias com renda até 3 salários-mínimos”, comentou o prefeito Luiz Fernando Machado, que participou do evento a partir de um telão instalado na avenida Francisco Nobre, 1031, onde foi realizada a solenidade.

De acordo com o Secretário de Estado da Habitação, Flávio Amary, essa é a realização de um antigo sonho da população. “Sempre buscamos soluções para todo o estado de São Paulo e Jundiaí não poderia ficar de fora. É um direito dos moradores e muita gente trabalhou duro para que isso acontecesse. Além de segurança, o título também trará valorização para as casas dessas pessoas”, discursou.

A partir das duas formalizações de convênios, Estado e Município desenvolverão iniciativas para a oferta de habitação de qualidade para a população. Pelo Programa Viver Melhor, serão reformadas 400 casas do Jardim Novo Horizonte de pessoas que já são atendidas pelos programas municipais da Fumas. A execução será da secretaria estadual, com valor médio R$ 20 mil por residência, estimando R$ 8 milhões em investimento.

“É uma alegria muito grande estar vivendo esse momento hoje. Eu fico triste por não ter o meu pai aqui, ele trabalhou a vida toda na propriedade e infelizmente não está mais conosco para viver esse momento, mas minha mãe está aqui e isso representa para ela uma tranquilidade e para mim, um legado que deixarei aos meus filhos. A sensação é realmente inexplicável”, afirma Márcio da Silva, um dos contemplados.

%d blogueiros gostam disto: