Trabalhadores da saúde em Jundiaí protestam por reajuste

Os trabalhadores em estabelecimentos de saúde em Jundiaí realizam entre os dias 23 e 29 de junho uma série de manifestações em frente a hospitais da cidade reivindicando reajuste salarial e manutenção de direitos básicos e benefícios.

A mobilização, organizada pelo Sindicato dos trabalhadores em estabelecimentos de saúde (Sinsaúde Campinas e Região), será realizada no Grendacc, Notredame Intermédica, Hospital Santa Elisa, Sobam Rede Amil e no Instituto de Responsabilidade Sírio Libanês – conhecido como Hospital Regional de Jundiaí.

“Estas instituições não se manifestaram sobre a pauta de reivindicações da Campanha Salarial 2022 já entregue pelo Sindicato, onde solicitamos o repasse integral de 11,90% do Índice Nacional de Preços ao Consumidor (INPC), acumulado de junho a maio de 2022, mais 5% de aumento real”, explica a presidente da subsede do Sinsaúde em Jundiaí, Beatriz de Castro.

O objetivo da mobilização é também mostrar para a população as principais reivindicações da Campanha Salarial de 2022 da categoria, e pedir seu apoio. A pauta de reivindicações, com 110 cláusulas, requer avanço nos benefícios, como cesta básica com vale-gás, ou sua substituição por R$ 520,00, auxílio-creche e auxílio para o dependente com deficiência, participação nos resultados dos empregadores (PRE), local de descanso adequado, folga de aniversário, 14º salário, licença para vítimas de violência, e manutenção dos benefícios conquistados nos acordos anteriores, entre outros. A pauta pode ser consultada no site www.sinsaude.org.br

“Vamos ter bandeiradas, cartazes e faixas mostrando que os profissionais da saúde não podem ser esquecidos e devem ser valorizados”, explica a vice-presidente do Sinsaúde, Juliana Machado.

A presidente do Sinsaúde, Sofia Rodrigues do Nascimento, reforça o pedido para que os trabalhadores participem da mobilização. “Vamos colocar o máximo possível de trabalhadores em frente aos hospitais e mostrar nossa força para os administradores de estabelecimentos de saúde. A inflação corrói nossos salários e o poder de compra dos trabalhadores diminui dia após dia. Não podemos aceitar esse achatamento salarial quietos, e só conseguiremos conquistar mais benefícios com a participação em massa da categoria” diz.

Mobilização total
A ação em Jundiaí faz parte da Semana de Mobilização da Campanha Salarial 2022 promovida pelo Sinsaúde, que acontecerá nas 19 cidades onde o Sindicato tem sedes de atendimento, de 23 a 30 de junho.

A campanha tem como lema “A Saúde tem raça e determinação, falta valorização”, e começou em 29 de março, com a aprovação pelos trabalhadores da pauta de reivindicações com 110 cláusulas, que servem de guia para as discussões com as empresas e sindicatos patronais.

Dias e locais onde serão feitas as manifestações
NOTREDAME INTERMÉDICA
Dias 23 e 24 de junho – das 6h:30 às 10h e após até as 13hs

HOSPITAL SANTA ELISA
Dia 27 de junho – das 8h às 11h

HOSPITAL REGIONAL
Dia 27 de junho – das 8h às 11h

SOBAM REDE AMIL/HOSPITAL PITANGUERIAS
Dia 28 de junho, das 6h:30 às 11h

GRENDACC
Dia 29 de junho, das 6h:30 às 11h

%d blogueiros gostam disto: