Homem sem mãos era piloto de fuga em assalto

Um grupo de amigos de Jundiaí viu filme no YouTube ensinando como praticar um assalto e arrombar portas de aço. Em seguida decidiram assaltar, na madrugada desta terça-feira (05), uma loja de celulares.

Os criminosos – sendo um deles do Primeiro Comando da Capital (PCC) -, contaram com o apoio logístico de um homem sem mãos, como “piloto de fuga”.

Para eventual abordagem policial, levaram um adolescente no carro.

Quando chegaram na loja onde ocorreria o assalto, um deles ficou como “olheiro”.

O outro, sem mãos, ficou ao volante do carro de fuga com o adolescente.

Já o ladrão que fez “aulas” pelo YouTube de como fazer arrombamento, usou ferramentas entortando a porta de aço da loja.

Algo deu errado e o arrombador admitiu que não passou na “prova”, porque não treinou direito e voltou ao carro.

Como o local é dotado de câmera, o proprietário mostrou para guardas municipais que a intenção foi mesmo de roubar e a Guarda deteve o piloto de fuga e o ladrão. A criança foi devolvida para a mãe. Já o “olheiro” fugiu.

O piloto de fuga disse ao delegado do Plantão da Polícia Civil, Rodrigo Lima Leite Carvalhaes, que o verdadeiro dono do carro está preso por roubo e deixou o veículo para ele tomar conta.

Como surgiu a oportunidade do assalto, topou o convite. Desde que o ladrão abastecesse o carro, o que não ocorreu porque foram presos.

Ele disse ainda que apesar de não ter mãos – apenas braços -, é um ótimo piloto de fuga. Só não contava com a rapidez da Guarda Municipal de Jundiaí, que apareceu e prendeu todos.

O delegado do Plantão Policial, doutor Rodrigo Carvalhaes, decretou a prisão dos dois ladrões para a Cadeia de Campo Limpo Paulista. Ele fez pedido à Justiça para que a dupla permaneça presa, porque representa perigo à sociedade, uma vez que vivem da criminalidade.

%d blogueiros gostam disto: