Campo Limpo lança programa “Saúde em Dia”

O Ambulatório Central agora conta com um consultório de Oftalmologia que atende pacientes em consultas e encaminhamentos para cirurgias e outras demandas da especialidade. Essa é uma das muitas “filas” de espera que começam a ser zeradas pela Secretaria de Saúde de Campo Limpo Paulista. Novas agendas para consulta em oftalmologia também já estão abertas, para tanto é preciso procurar a Unidade de Saúde do seu bairro.

Para quem tem serviços de saúde com encaminhamento através de guias e aguarda marcação, é importante manter o cadastro atualizado no município. A expectativa da prefeitura é chegar a mais de 10 mil campo-limpenses atendidos por esse mutirão. Para agilizar o trabalho, criou uma central telefônica. “Quem mudou o número de telefone, ou já não tem certeza que seus dados estão corretos, basta ir até o posto de saúde mais perto da sua casa”, afirma a secretária de Saúde, Alynne Sousa.

O planejamento feito pela equipe da Secretaria de Saúde é o de entrar em contato com todos os pacientes aguardando, principalmente, consultas em Oftalmologia, exames de imagem e cirurgias, que começarão a ser feitas no Hospital de Clínicas, ainda neste mês de julho.

Inovação
O programa “Saúde em Dia”, da Prefeitura de Campo Limpo Paulista é a terceira etapa de um trabalho macro elaborado pela gestão Dr. Luiz Braz. A etapa inicial, no ano passado, foi de ampliar o atendimento Covid, transformando o HC em referência de tratamento da doença em toda região. Já no início deste ano, com a vinda da UTI definitiva, ampliou-se o acesso do Hospital de Clínicas, que hoje atende pacientes da região – 40% da procura diária é de moradores de outras cidades.

A partir deste mutirão de agendamento, será possível adequar as unidades básicas para uma nova realidade de atendimento dentro do município, com novidades que serão implantadas etapa após etapa. “Um trabalho de gestão e planejamento, que só foi possível com o empenho do prefeito Dr. Luiz”, reforça Alynne.

Todos os investimentos do último ano, garantiram a redução das filas de exames como raio x, tomografia e mamografia, assim como o acesso a ortopedista.

Inovação com resultados
Um trabalho de boa gestão, que driblou todas as dificuldades – como a falta de aceite de médicos chamados através de concurso público para assumir o cargo no município e desligamento de profissionais. Uma iniciativa pioneira foi a contratação de novos médicos e funcionários através de um consórcio de saúde.

Nesta semana, três novos médicos chegaram à Unidade Básica de Saúde do Distrito de Botujuru. São eles: Clínico Geral (segunda e quarta) e Ginecologista/Obstetra (terça e quinta), das 8h às 16h. O processo de gestão analisa agora as necessidades das demais unidades, para ampliação e melhora dos serviços.

Para a secretária Alynne Sousa, uma possibilidade eficiente e com baixo custo para contratar onde é mais necessário, garantindo melhor acesso da população aos serviços de saúde.

%d blogueiros gostam disto: