Jundiaí registra segundo morcego positivo para raiva

Na manhã desta segunda-feira (25), equipes da Vigilância em Saúde Ambiental (VISAM), da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), realizam vistoria na região do bairro do Engordadouro, levantando a cobertura vacinal dos cães e gatos da região. A medida faz parte das ações derivadas do encontro de morcego positivo para raiva no local. Os tutores de pets que não tenham vacinado seus animais no período de um ano, podem agendar a aplicação na VISAM, por telefone.

De acordo com o gerente da VISAM, Luis Gustavo Grijota Nascimento, o levantamento e investigação epidemiológica são realizados em todos os casos de morcegos positivos detectados.

Esses animais são recolhidos pela VISAM a partir da solicitação de munícipes tê-los encontrados em situações não usuais, como no interior de suas residências, nos quintais, voando durante o dia, ou caídos no chão. “Estamos com o segundo caso positivado de raiva em morcegos neste ano. A intenção é identificar a cobertura vacinal e fazer a orientação à população do entorno do local do recolhimento. A vacinação dos cães e gatos contra a doença é essencial para evitar contaminações”, comenta o veterinário.

Para os tutores que não realizaram a vacinação anual dos animais de estimação (cães e gatos), basta ligar para a VISAM, pelo telefone (11) 4521-0660, para fazer o agendamento. A organização em agenda se dá para melhorar o acesso às doses, redução de perdas de vacinas e bem como agilizar o atendimento.

Este é o segundo caso de morcego positivo para raiva localizado em Jundiaí neste ano. O primeiro foi na primeira quinzena de julho, na região da Ponte São João. No ano passado foram dois. Em nenhum dos casos houve contato com pessoas ou contaminação de animais domesticados.

Orientações
No caso de identificação de um morcego em casa ou no quintal, a pessoa deve contatar imediatamente a VISAM, pelo telefone (11) 4521-0660, para recolhimento do animal;

Caso seja possível, isolar o cômodo em que o animal foi encontrado e/ou imobilizá-lo, colocando sobre ele um anteparo como um balde, pote de sorvete, um pano ou uma caixa. Ninguém deve manusear os morcegos sem proteção – mesmo os encontrados mortos;

A vacina antirrábica está disponível gratuitamente na VISAM, a partir de agendamento telefônico. Vale lembrar que a população deve se atentar à vacinação dos seus cães e gatos, que deve ser feita anualmente.

%d blogueiros gostam disto: