Serviço Posso Ajudar chega a 100% das Unidades de Saúde de Jundiaí

A Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS), dentro das ações que proporcionam qualificação ao atendimento, amplia o Programa Posso Ajudar. As 35 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) passam a contar com o serviço, baseado na orientação feita por atendente qualificado para solucionar as dúvidas dos pacientes, antes ou após consultas ou procedimentos realizados. Na manhã desta quinta-feira (18), os profissionais participaram de treinamento no auditório da Prefeitura.

O ‘Posso Ajudar’, uma das estratégias da Política Nacional de Humanização, foi implantado em Jundiaí em 2018. Inicialmente, 23 equipamentos de saúde foram contemplados. Com a ampliação, além das UBSs, em locais como o Centro de Convivência, Cultura, Trabalho e Geração de Renda (CECCO), a Academia de Saúde e o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA), os usuários também passaram a ser recepcionados e acolhidos por atendentes qualificados, o que também otimiza o tempo de permanência nos serviços.

“Desde 2017, investimos em obras para a melhoria da ambiência, em equipamentos e em capacitações dos servidores para o atendimento humanizado e resolutivo. A Saúde é nossa prioridade. O ‘Posso Ajudar’, agora em 100% dos equipamentos da atenção primária, organiza o atendimento e traz uma melhor forma de cuidar do usuário da nossa rede, logo ao chegar no serviço”, comenta o prefeito Luiz Fernando Machado, lembrando que o Município também conta com o ‘Guardião da Saúde’ – totem disposto na saída dos prédios, para que a população possa avaliar o atendimento recebido, fazer sugestões, elogios ou críticas, de forma a contribuir para a melhoria do serviço.

 

Os atendentes acolhem e orientam os usuários

Capacitação
Ao todo, cerca de 70 pessoas participaram da capacitação que mais do que abordar a atribuição dos profissionais, mostrou o quanto esses programas tem tido impacto positivo no cotidiano dos equipamentos de saúde.

“A promoção da saúde se faz com várias ações. É fundamental que o bom atendimento comece na porta de entrada do serviço e é isso que ofertamos, por meio dessas pessoas (desses servidores), dos Anjos da Guarda da Saúde”, ressaltou a gestora adjunta da UGPS, médica Dayane Aparecida Pereira Martins.

O treinamento reuniu cerca de 70 pessoas no auditório da Prefeitura
%d blogueiros gostam disto: