Campanha contra Pólio atinge só 48% da população alvo

Faltando apenas 10 dias para o encerramento da Campanha Nacional de Vacinação contra a Poliomielite e Multivacinação, dados do Ministério da Saúde apontam que apenas 48,04% das crianças de 1 a 4 anos tomaram o reforço contra a Pólio. Em Jundiaí, os números são semelhantes: 9.649 crianças receberam as gotinhas, ou seja, 48% das 20.100 aptas a tomar a vacina. A meta é atingir 95% do público-alvo.

A ação de reforço, desencadeada no dia 8 de agosto e prorrogada até o dia 30 de setembro, visa reduzir o risco de reintrodução do poliovírus selvagem no País. Em países como os Estados Unidos e Israel, onde a doença já estava erradicada, ressurgiram casos.

“É importante lembrarmos que o vírus está em circulação e que a Poliomielite é uma doença grave e não há cura, uma vez instalada a forma paralítica. O cenário é preocupante. É importante que os pais se atentem e aproveitem esses últimos dias para levar as crianças para receber as gotinhas. Não queremos o retorno da paralisia infantil e o esforço tem que ser coletivo para aumentarmos a cobertura vacinal no Brasil”, alerta a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Maria do Carmo Possidente.

Em Jundiaí, a vacina está disponível em todas as Unidades Básicas de Saúde (UBSs), no horário de aplicação das salas de vacina. Para tentar alavancar a campanha, a aplicação também ocorre nas escolas de Educação Infantil I (1 a 3 anos) da rede municipal de ensino e nas creches conveniadas, na presença dos pais ou responsáveis ou mediante autorização assinada.

Multivacinação
Já a multivacinação é voltada para crianças e adolescentes de 2 meses a 14 anos, 11 meses e 29 dias. Estão disponíveis 18 imunizantes contra várias doenças. A estratégia é atualizar a caderneta de vacinação, de acordo com o Calendário Nacional de Vacinação.

%d blogueiros gostam disto: