Defesa Civil alerta para possibilidade de chuva de granizo nesta quinta-feira

(FOLHAPRESS) – O estado de São Paulo vai ser atingido por chuvas intensas a partir desta quinta-feira (6), que poderão vir acompanhadas por raios e granizo. Segundo a Defesa Civil do Estado de São Paulo, a previsão é que a tempestade se estenda até a sexta (7).

As chuvas serão provocadas por uma instabilidade gerada pela passagem de uma frente fria, segundo dados do Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE) da prefeitura.

Além do grande volume de chuva esperado, granizo também pode atingir toda a região, como ocorreu na última segunda-feira (3) no trecho na região de São Gonçalo do Sapucaí (Minas Gerais), quando a rodovia Fernão Dias ficou com grandes trechos brancos após um temporal de 22 minutos.

A expectativa de temporais mais fortes é nas regiões de Jundiaí, Sorocaba e Campinas, que deverão ter acumulados de chuvas de até 150 mm.

Depois, vem a Baixada Santista, com 120 mm. Na sequência, vêm capital e região metropolitana, Bauru, Araraquara, Marília Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Barretos e Franca, além do litoral norte do estado, com 100 mm. São José dos Campos, Vale do Ribeira e Registro terão 70 mm, e Araçatuba e São José do Rio Preto, 60mm.

Por conta deste cenário meteorológico, é preciso que a população esteja preparada e alerta para os sinais de perigo, como desabamentos, desmoronamentos, deslizamentos, inundações, enxurradas e raios.

A Defesa Civil recomenda não atravessar áreas inundadas ou enfrentar enxurradas. A força da água pode arrastar uma pessoa ou até mesmo um veículo, dependendo do volume.

“As pessoas que moram em área de risco devem ficar atentas aos sinais de movimentação do solo, como postes e árvores inclinadas, rachaduras nas paredes e portas e janelas emperradas. Diante desses sinais, deve-se sair imediatamente do local e acionar a Defesa Civil pelo número 199”, informa a entidade, em nota.

SAIBA O QUE FAZER DURANTE A CHUVA:

– Ao aviso de tempestade ou ao escutar trovões, abrigue-se imediatamente em uma edificação ou veículo, permanecendo longe de janelas, tomadas e materiais metálicos e evitando árvores ou coberturas metálicas frágeis;

– Ao notar rachaduras e trincas no telhado, saia imediatamente;

– Desconecte aparelhos eletrônicos das tomadas;

– Não utilize aparelhos conectados às fiações telefônica e elétrica;

– Se estiver em qualquer área aberta, como praia, piscina, estacionamento e campo de futebol, saia imediatamente;

– Mantenha distância de objetos altos e isolados, como árvores, postes, antenas e caixas d’água;

– Afaste-se de objetos metálicos grandes e expostos, como tratores, escadas, cercas de arame etc.;

– Não solte pipas e não carregue objetos como canos e varas;

– Evite dirigir e andar de bicicleta, motocicleta ou a cavalo;

– Quando dirigindo sob chuva, evite passar e estacionar perto de cabos elétricos, torres de transmissão, outdoors, andaimes, escadas e outras estruturas que não pareçam seguras.

O QUE FAZER DEPOIS:

– No caso de destelhamento, verifique a estrutura do madeiramento antes de entrar na edificação e observe se existem rachaduras e trincas no telhado;

– Não realize manutenção no telhado enquanto há granizo, evitando acidentes;

– Mantenha-se abrigado até obter informações de que o caminho está seguro;

– Não transite por vias cobertas por água e/ou granizo;

– Preste atenção a árvores e cabos elétricos caídos.

Fonte: Defesa Civil de São Paulo

%d blogueiros gostam disto: