Departamento federal inicia retirada de itens ferroviários leiloados

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) já iniciou nas últimas semanas a retirada dos itens armazenados no Espaço Expressa (antigo Complexo Fepasa) e arrematados em leilão realizado em setembro. Trata-se de peças vinculadas à ferrovia, mas sem interesse histórico ou cultural, e que foram disponibilizados para venda pelo órgão vinculado ao Ministério da Infraestrutura, em leilão com peças armazenadas em diversos Municípios do Estado de São Paulo.

A Unidade de Gestão de Cultura (UGC), responsável pelo Espaço Expressa, mesmo não sendo proprietária dos itens colocados à venda, acompanhou todo o processo de inspeção do DNIT, assim como a oferta prévia a entusiastas da memória ferroviária, para checar se tinham interesse, antes que os materiais fossem vendidos.

Compunham os lotes de itens à venda em Jundiaí desde peças de pequeno porte, como máquinas de tipografia e armários, até cilindros de freios e uma locomotiva elétrica da extinta Fepasa. Por conta das dimensões de alguns materiais, a remoção tem sido realizada aos poucos pelo DNIT, para o qual todo o resultado das vendas foi destinado.

O gestor de Cultura, Marcelo Peroni, ressalta que, para além deste material, a Unidade vem avançando em tratativas com o DNIT para o gerenciamento de outros materiais. “Apesar de o Espaço Expressa ser de propriedade da Prefeitura, todo o material da ferrovia ali armazenado pertence ao DNIT. Parte desse material já se encontra sob a nossa guarda e pode ser visitado em nosso Museu Ferroviário, recentemente reaberto. Já iniciamos, lá em 2017, as tratativas com o Departamento para darmos melhores destinação e proteção a estes materiais que ainda não são do Município, como as locomotivas. Com a retirada desses materiais, estas tratativas avançam, pois dão espaço a uma melhor destinação do local onde até então se encontravam armazenadas”, comentou.

Toda a logística da remoção dos itens leiloados tem sido acompanhada, junto ao DNIT, pelo Departamento de Gestão do Espaço Expressa da UGC. “Diversas são as frentes de trabalho da Prefeitura neste momento para revitalizar este importante patrimônio municipal, desde a mudança de seu conceito de ocupação até a reforma do telhado do galpão de estacionamento. A saída destes materiais amplia ainda mais as possibilidades de intervenção da Prefeitura para o local”, explica o diretor do Departamento de Gestão, William Paixão.

%d blogueiros gostam disto: