Lula mira eleitores idosos e diz que Bolsonaro deixa aposentados ‘passando fome’

Por Bruno Luiz, Matheus de Souza, Giordanna Neves e Iander Porcella

Em um aceno ao eleitorado idoso, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) acusou o presidente Jair Bolsonaro (PL) de deixar aposentados “passando fome”.

O petista criticou a reforma da Previdência feita pelo governo em 2019 e atacou a falta de aumento real do salário mínimo na atual gestão. “O aposentado também está passando fome, não teve aumento de salário mínimo. Isso acontece nesse País que você deveria saber. Trabalhador que poderia se aposentar com R$ 2 mil hoje ganha R$ 1,3 mil”, afirmou Lula no debate da TV Globo, transmitido na noite desta sexta-feira, 28.

Bolsonaro rebateu Lula. “Especialidade de roubar aposentados é sua, basta olhar o que aconteceu com os aposentados da Caixa Econômica Federal, Petrobras e Correios”, respondeu, ao suscitar casos de corrupção em governos do PT.

O ex-presidente ainda insistiu em uma notícia falsa de que o ministro da Economia, Paulo Guedes, acabaria com 13º salário e as férias. Durante o embate, Bolsonaro questionou reiteradas vezes se Lula manteria a informação, veiculada nos programas eleitorais do PT. “Quem falou de 13º e férias foi teu Deus, o Guedes”, disse o petista.

Do Estadão

%d blogueiros gostam disto: