São Paulo cede empate ao Atlético-MG e perde chance em briga direta por Libertadores

THIAGO BRAGA E VICTOR MARTINS

(UOL/FOLHAPRESS) – Em uma noite fria no Morumbi, São Paulo e Atlético-MG empataram por 2 a 2 pelo Campeonato Brasileiro, nesta terça-feira (2). Calleri marcou duas vezes para o time tricolor, enquanto Vargas também anotou dois gols. O resultado é ruim para o São Paulo, que segue atrás do time mineiro na tabela. Com 52 pontos, o Atlético-MG assume a sexta posição. O São Paulo permanece em oitavo, agora com 51 pontos. Se tivesse vencido, seria o São Paulo quem entraria no G6 do Brasileiro, que garante vaga direta na fase de grupos da Libertadores do ano que vem.

Precisando vencer, Rogério Ceni escalou o São Paulo com dois laterais esquerdos, mas com Reinaldo deslocado para a ala direita. Com Igor Vinícius e Moreira lesionados, Ceni optou por manter Rafinha entre os zagueiros.

Cuca também surpreendeu. Para explorar o trio de zaga dos donos da casa, o técnico escalou o time alvinegro com Ademir na função de centroavante, com Keno e Vargas pelos lados do campo. A ideia era ter um ataque rápido. Keno era um perigo constante pela esquerda, caindo nas costas de Reinaldo. Apesar de um domínio inicial do São Paulo, quem saiu na frente foi o Atlético-MG. Após cruzamento de Keno, Zaracho chutou e a bola bateu na mão de Ferraresi. Pênalti que Vargas converteu aos 25 minutos.

O São Paulo partiu para a pressão. Sem espaço para trocar passes, a saída foi apostar nos lançamentos. Só no primeiro tempo foram 19.

Após um escanteio e bate e rebate, Calleri empatou. No fim do primeiro tempo, veio a virada, após Calleri se aproveitar novamente de um desvio, desta vez em Guga, decretando o empate.

Na etapa final, os dois times não conseguiam criar chances por conta da dificuldade para encontrar espaços. Em uma jogada fortuita, Vargas se antecipou a Luizão, e empatou a partida.

O São Paulo volta a campo no próximo sábado (5), quando terá mais um confronto com um time da parte de cima da tabela. O time tricolor vai até o Rio de Janeiro enfrentar o Fluminense, às 16h30 (de Brasília), no Maracanã. O Atlético-MG volta a jogar apenas na segunda-feira (7), quando recebe o Botafogo, às 20h, no Mineirão.

SÃO PAULO
Felipe Alves; Rafinha, Ferraresi e Leo; Reinaldo (Luizão), Pablo Maia, Rodrigo Nestor (Igor Gomes), Patrick (Luan) e Welington; Luciano (Marcos Guilherme) e Calleri. Técnico: Rogério Ceni.

ATLÉTICO-MG
Everson; Guga (Mariano), Jemerson, Junior Alonso (Réver) e Dodô (Rubens); Allan, Jair (Sasha) e Zaracho; Vargas, Ademir (Pavón) e Keno. Técnico: Cuca.

Estádio: Morumbi, em São Paulo
Árbitro: Braulio da Silva Machado (Fifa/SC)
Assistentes: Fabricio Vilarinho da Silva (Fifa/GO) e Alex dos Santos (SC)
VAR: Wagner Reway (PB)
Cartões amarelos: Pablo Maia, Rodrigo Nestor e Welington (SÃO); Guga, Jemerson, Pavón e Jair (ATL)
Gols: Vargas (ATL), aos 25′, e Calleri (SÃO), aos 39′ e aos 49/1ºT; Vargas (ATL), aos 23’/2ºT

FOTO: RUBENS CHIRI – SPFC

%d blogueiros gostam disto: