Mulher é presa por furto de protetor solar

Uma mulher de 30 anos foi presa pela Polícia Militar na cidade de Itupeva. Ela furtou uma embalagem de protetor solar hidratante de farmácia da cidade.

Um comerciante foi avisado pela funcionária de que a mulher, que havia acabado de ingressar no estabelecimento, era suspeita de ter praticado outro furto, em data anterior.

O comerciante ficou observando o comportamento dela.

Como a suspeita colocou nas vestes uma embalagem de protetor solar e saiu sem pagar, ele acionou a Polícia Militar.

Ele a seguiu e questionou sobre a mercadoria furtada.

A mulher pediu para o comerciante não a denunciar à Polícia, mas nesse tempo a viatura da PM encostou e os policiais decidiram levar a acusada para a Delegacia de Polícia Civil.

O delegado Rodrigo Lima Leite Carvalhaes, após ouvir as versões, determinou a prisão em flagrante da ladra que foi recolhida à Cadeia de Itupeva.

O delegado explicou, em seu despacho para a Justiça, que a mulher tem comportamento de furtos seguidos e não escolhe produtos de primeira necessidade para sobrevivência. O valor do protetor solar que ela escolheu custa cerca de R$ 100,00. Por esse motivo há necessidade de mantê-la presa, para que se faça justiça.

O comerciante de Itupeva contou ao delegado Rodrigo que vem tendo prejuízos desde o início do ano em torno de R$ 600,00 por mês com furtos. Mas só no último mês a quantia chegou a R$ 2 mil e vem fazendo tudo o que é possível para tentar evitar os furtos.

 

%d blogueiros gostam disto: