Genro matou o sogro com três tiros em Jundiaí

A Polícia Civil de Jundiaí concluiu, na manhã desta quarta-feira (09), a coleta de depoimentos dos envolvidos em um homicídio no Núcleo Balsan, no Jardim Tamoio, durante esta madrugada.

Ficou esclarecido que o genro, de 24 anos, matou o sogro, Tiago da Silva Tomaz, de 31 anos, com três tiros de revólver, sendo um deles na cabeça. (AS IDADES constavam no boletim de Ocorrência de forma errada)

De acordo com os guardas municipais Duarte e Oliveira Martins, eles foram acionados para comparecer na residência dos fatos, junto com uma equipe do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU), sob o comando do inspetor Cássio, porque havia pessoa ferida com tiro.

No local, o médico do SAMU constatou o óbito da vítima.

Com informações de familiares da vítima, foram iniciadas as buscas aos assassinos, sendo dois homens, um deles o genro que matou o sogro.

A Polícia Militar prendeu a dupla em frente do Centro Esportivo Romão de Souza, na Colônia.

Os dois se preparavam para fugir para o Nordeste.

Segundo depoimento de familiares, era por volta de meia-noite quando o genro entrou na residência com o comparsa de 31 anos, morador em Francisco Morato.

O comparsa ficou segurando um familiar na sala, quando o autor foi para o quarto e atirou contra a vítima que estava na cama com a esposa. Depois fugiu.

Graças à ação conjunta da Guarda Municipal e da Polícia Militar a dupla foi presa em flagrante.

O corpo de Tiago foi encaminhado para exames necroscópicos no Instituto Médico Legal (IML) de Jundiaí.

MATÉRIA ATUALIZADA ÀS 15 HORAS

Alteradas as idades dos envolvidos

 

%d blogueiros gostam disto: