DAE Jundiaí retira 160 toneladas de areia de interceptor de esgoto

A DAE Jundiaí está realizando uma força-tarefa para promover a limpeza do interceptor de esgoto localizado às margens do rio Jundiaí Mirim, área onde estão as represas de Acumulação e Captação, o Parque da Cidade e o Mundo das Crianças. A ação teve início há pouco mais de 20 dias. Até o momento, 700 metros de redes, com 1.000 mm de diâmetro, já foram limpos e cerca de 160 toneladas de areia retiradas.

Com 13 quilômetros totais de extensão, o interceptor é responsável por coletar o esgoto desde a região do Ivoturucaia, passando pelo Caxambu e Jundiaí Mirim, além de áreas de manancial, para tratamento na Estação de Tratamento de Esgoto do Jardim Novo Horizonte, administrada pela Companhia Saneamento de Jundiaí (CSJ).

De acordo com o gerente de Manutenção da Unidade Leste, Eduardo Maia, esta areia é proveniente de descartes irregulares, feitos por caminhões limpa fossas particulares diretamente nas redes de esgoto e de água, além de ligações residenciais de água pluvial conectadas à rede de esgoto. A areia também entra pelos poços de visita.

“Estamos trabalhando em um dos pontos mais críticos do interceptor, onde o acúmulo de material é maior. Se não houver a retirada, a rede pode ficar obstruída, comprometendo o fluxo regular do esgoto e causando extravasamentos, principalmente em áreas de manancial”, pontua.

Para atender à demanda, o serviço é executado por um conjunto de três equipamentos: um hidrojato de alta pressão e vazão, com uma bomba para sucção de detritos de grande performance; um equipamento que separa a água e os detritos; e, por último, um caminhão e caçamba “roll on roll off”, que recebe os detritos para serem encaminhados a aterros adequados. Já a água é reciclada.

O conjunto de equipamentos foi desenvolvido para limpeza de tubulações de grandes diâmetros (acima de 800 mm) e integra a manutenção preventiva e corretiva das redes e interceptores de esgotos realizados pela Diretoria de Manutenção em toda a cidade.

Denúncia
A DAE Jundiaí solicita o apoio dos munícipes para que denunciem lançamentos irregulares e movimentações estranhas próximo aos poços de visita (também chamados de “tampões”), que acessam a rede de esgoto.

Para isso, basta que entrem em contato pela Central de Relacionamento, no 0800 0133 155. A ligação é gratuita o atendimento 24 horas. A denúncia é sigilosa.

%d blogueiros gostam disto: