Ruas próximas da Advance, em Várzea, ficam alagadas. De novo

Moradores do Jardim Primavera, em Várzea Paulista, voltaram a viver o pânico das enchentes e alagamentos, depois da forte chuva da tarde deste domingo (27), de 29 milímetros. Algumas casas ficaram alagadas e carros parcialmente cobertos pelas águas.

A chuva foi muito forte. Mas o que ocorreu? As obras da Prefeitura não deram resultado?

O gestor de Infraestrutura do município, Renato Germano, disse que essa semana que passou a sua secretaria realizou todas as limpezas necessárias, enviando fotos para provar.

Porém, o volume de água das chuvas foi elevado e o sistema não suportou.

“Amanhã (segunda-feira) vamos tentar entender melhor, mas não era para acontecer. Em 2021 foi construído novo túnel sob a linha férrea”, disse o gestor ao “Jornal da Região”, na noite deste domingo (27).

Em sua opinião pessoal há necessidade de mais um reservatório na parte baixa, para dar conta das águas das chuvas, como foi feito no Jardim Bertioga. Mas para isso a Prefeitura necessitaria de desapropriações de imóveis e buscar recursos externos.

“O Córrego não está assoreado. Nós fizemos limpeza”, garantiu.

%d blogueiros gostam disto: