Casemiro cuidou da família, após pai abandonar a mãe

(UOL – FOLHAPRESS) – Um dos líderes da seleção brasileira e autor do gol da vitória contra a Suíça, Casemiro teve de assumir responsabilidades desde cedo. Afinal, seu pai abandonou a mãe, dona Magda, e ele teve de crescer sem a referência paterna. O volante não gosta de falar do assunto, mas sabe que isso o ajudou a crescer.

“Ele sempre foi muito quietinho, muito reservado. Faz pouco tempo que ele falou que, quando ia para os jogos, via os pais com os filhos torcendo por eles e pensava. ‘Nossa, por que meu pai não está aqui?’. Eu acho que foi uma época muito difícil. Ele não tinha a presença de um homem, um homem como referência.

Era eu, ele, a minha irmã e a minha mãe”, disse Lucas, irmão mais novo de Casemiro, à reportagem em 2016.

Assim, o jogador do Manchester United virou o “chefe da família” ainda na adolescência e assumiu a responsabilidade de cuidar da mãe dos irmãos Lucas e Bianca.

Quando sua mãe saía para trabalhar, era Casemiro que cuidava das comidas dos mais novos.

“Ele falava: ‘tenho que ser pé no freio. Já que eu sou o pai, eu tenho que traçar um caminho que é mais difícil. Não posso só me agradar, tenho que seguir meu sonho, mas tenho uma família atrás de mim por quem vou lutar com unhas e dentes. Lá em casa sou o pai da família, a última palavra é minha. Vou sempre mandar primeiro para casa, depois o que sobrar é meu'”, disse o amigo Bruno dos Anjos, que jogou com ele na base do São Paulo Futebol Clube.

%d blogueiros gostam disto: