Mais um caminhoneiro é vítima do falso frete

A Polícia Civil investiga mais um caso de falsa contratação para frete, feita por quadrilha que rouba caminhões. Há pouco tempo outro caminhoneiro de Minas Gerais foi vítima do mesmo golpe.

Dessa vez um motorista de Maravilha (SC) foi requisitado para serviços com um caminhão Scania, modelo P 310 B8X2 CS, para retirada de alimentos em galpão ao lado do Aeroporto de Jundiaí.

Quando a vítima chegou no endereço indicado, junto com a sua esposa como passageira, havia um homem com colete amarelo indicando onde deveria parar o caminhão.

Logo em seguida surgiram bandidos armados que estavam em um carro próximo e anunciaram o assalto.

A vítima e a esposa foram levadas para um carro e em seguida entraram em um condomínio de casas, onde ficaram reféns por duas horas.

Enquanto estavam no cativeiro o ladrão, que mantinha o casal preso, recebeu ligação dos comparsas questionando como faziam para ligar o caminhão, já que ele travou em uma avenida de Jundiaí.

O motorista disse que não sabia, porque veio normalmente na estrada até o município.

Depois de meia hora o chefe da quadrilha mandou o bando se livrar do casal, sendo que o caminhoneiro e sua esposa foram levados para um matagal na cidade de Louveira.

Os dois tiveram de andar muito em uma estrada até chegar em local para pedir socorro, sendo que a Polícia Militar foi chamada.

Enquanto a vítima elaborava o boletim de ocorrência do roubo do caminhão, ficou sabendo que a Guarda Municipal de Jundiaí achou o veículo estacionado na Avenida 14 de Dezembro, na Vila Rami.

A vítima sentiu a falta de dois aparelhos de telefones celulares (Samsung e Motorola) e cartão bancário do NuBank em nome da empresa Oeste Transportes.

A empresa foi avisada e constatou que tinha sido feito um saque de R$ 750,00, pedindo bloqueio do cartão ao banco.

O caso será apurado pela equipe da Delegacia de Investigações Gerais (DIG), sob o comando do delegado Josias Guimarães.

 

 

%d blogueiros gostam disto: