PM morre ao abordar suspeito em SP

O soldado da Polícia Militar, Joel Lourenço da Silva, de 35 anos, foi executado com um tiro na cabeça em uma rua da Zona Leste da Capital.

Ele e o companheiro viram um carro com três suspeitos e resolveu fazer a abordagem. Um dos integrantes do grupo fugiu a pé e foi rendido pelo policial. Mas o homem entrou em luta com o PM e pegou a arma dele, dando um tiro. Em seguida fugiu com a arma da PM.

O motorista da viatura, o soldado Gomes, socorreu o companheiro ao hospital, mas Joel chegou sem vida.

O caso está agora com a Polícia Civil. Dois integrantes do grupo foram detidos e levados para interrogatório.

O enterro do PM será às 10 horas deste domingo, no Cemitério do Araçá “Mausoléu da Polícia Militar”.

Lourenço servia na PM há 14 anos, era casado e deixa uma filha de 6 anos.