Polícia Civil esclarece crime contra vereador Huck

A equipe do delegado Marcel Ferh, da cidade de Várzea Paulista, esclareceu um caso de tentativa de roubo que deixou o vereador Luiz Ferreira da Silva (PTC), o Hulk, baleado. O caso ocorreu em 1º de março de 2017.

O delegado disse que foram realizadas investigações em várias frentes, para saber se não era crime político. No final descobriu-se que bandidos que vinham agindo na região tentaram roubar a casa do vereador e foram surpreendidos pelo cachorro, realizando disparos contra a vítima que saiu para ver o que estava ocorrendo.

Um dos envolvidos já foi preso. O delegado Marcel disse que o criminoso já tinha praticado outros delitos e foi preso. Por meio de câmeras de monitoramento de um supermercado a Polícia Civil conseguiu as imagens do carro clonado que o grupo utilizava para os assaltos. Esse carro “desapareceu”.

As investigações não foram suspensas. O delegado Marcel explicou que ainda existe um homem procurado. Os investigadores estão atrás dele.

Por causa desse assalto em que foi baleado, o vereador Huck ficou com sequelas permanentes.