São Vicente faz primeira captação de órgãos do ano

Na noite desta sexta-feira (17), uma equipe especial realizou a captação de rins, fígado e córneas do paciente Carlos Antônio Fazan, 62 anos, internado desde o dia 05 de janeiro devido a um aneurisma cerebral, vindo a falecer nesta semana. Esta foi a primeira captação de órgãos de 2020 realizada no Hospital São Vicente de Paulo. Os órgãos seguiram para São Paulo e atenderão pacientes que aguardam na fila do Ministério da Saúde, atualmente com mais de 46 mil pessoas.

A esposa, Graça Silva Fazan, explica que o assunto sempre foi abordado entre ela e os filhos, que incentivaram a ação. “Meu marido nunca mencionou nada sobre doação de órgãos, sempre falou que a decisão seria nossa e assim fizemos. Ele sempre brincou que nós iríamos antes dele nas conversas em família. Nosso objetivo é estimular a doação de órgãos e inspirar outras pessoas”, conta a esposa.

No decorrer de 2019 o São vicente, por meio da Comissão Intra Hospitalar de Transplantes (CIHT), registrou 11 doadores. “É importante falar sobre isso com os familiares, dessa forma mais pacientes poderão ser beneficiados com a doação. Me sinto bem e muito grata em poder ajudar, porque para nós é uma situação difícil, um momento triste, mas do outro lado, para muitos, o sentimento será de alegria”, incentiva Graça.