Entra no ar site voltado para as mulheres

Como identificar a violência contra a mulher? Onde buscar ajuda e abrigamento em Jundiaí? Essa e outras informações estão no site Mulher Jundiaí, uma iniciativa da Prefeitura de Jundiaí, por meio da Unidade de Gestão da Casa Civil e Assessoria de Políticas para Mulheres. O novo site, construído em parceria com a Companhia de Informática de Jundiaí (CIJUN), entrou no ar nesta segunda-feira (20), trazendo ainda notícias e dicas de esporte, lazer e cultura.

Segundo a responsável pela Assessoria de Políticas para Mulheres, Penha Camunhas Martins, o objetivo é reunir, em um só lugar, informações que possam ajudar as mulheres – com destaque para o combate à violência. “Ressaltamos esse tema porque é um assunto gritante, e os casos têm se multiplicado”, afirma. Para acessar o site, basta clicar aqui.

Em Jundiaí, é possível denunciar e obter ajuda em vários órgãos da rede municipal de apoio, como os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS), Departamento de Proteção Social Básica e Departamento de Promoção Social Especial (CREAS).

De acordo com as Nações Unidas, em 2010, 59% das mulheres, no mundo, haviam sofrido violência pelo menos uma vez na vida; 30% das ocorrências foram cometidas por parceiros com quem mantinham ou haviam mantido um relacionamento. “A violência contra a mulher era tida como um problema da vida privada e há pouco tempo passou a ser compreendida como um problema público, que exige a aplicação de políticas públicas efetivas para o seu enfrentamento”, explica Penha Camunhas.