Guarda prende homem que descumpriu Medida Protetiva 4 vezes em 24 horas

A Guarda Municipal de Jundiaí prendeu na noite de quarta-feira (22) um desempregado de 27 anos que descumpriu quatro vezes, em 24 horas, a medida protetiva de urgência que tinha para não se aproximar de uma promotora de vendas da mesma idade. A detenção ocorreu na casa da vítima, no bairro do Anhangabaú.

O primeiro descumprimento ocorreu na noite de terça (21) e, desde então, a mulher entrou em contato com a GM.

A guarda Melo, coordenadora da Patrulha Maria da Penha da Corporação, chegou a conversar com a jovem por telefone.

Também auxiliaram a vítima os GMs Pontes e Durães, além dos guardas Mori e Anderson – que é subinspetor. Os dois últimos prenderam o homem, autuado em flagrante no Plantão da Polícia Civil por volta das 23h desta quarta. O desempregado seguiu para o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista e está à disposição da Justiça.

Com o indivíduo, a GM encontrou uma porção de cocaína, com dois gramas da droga, que foi apreendida.

A mulher estava muito assustada quando foi localizada pelos guardas municipais, ainda mais porque, momentos antes de ser preso, o homem deixou uma faca que tinha em mãos perto da porta da sala da residência. Ele tentou fugir dos agentes, mas foi localizado e levado à delegacia.

A Patrulha Maria da Penha da GM de Jundiaí monitorou a ocorrência desde o início.

A promotora de vendas admitiu que foi ameaçada pelo desempregado, apresentando a ele a ordem judicial para que o homem não se aproximasse dela.

O boletim de ocorrência, registrado no Plantão Policial, foi assinado pelo delegado Osmany Pinheiro Machado Júnior como “Descumprimento de Medida Protetiva de Urgência (consumado)” e “Drogas para Consumo Pessoal sem Autorização ou em Desacordo (consumado)”.