PM e vigilante foram presos com drogas e armas

Um soldado da Polícia Militar que trabalhava em Pirituba, de 34 anos, foi preso em Campinas por roubar uma biqueira de traficantes no último final de semana e, um vigilante, que trabalhava no Jardim Copacabana, em Jundiaí, foi preso pela Polícia Militar com arma e drogas em sua casa.

Os dois casos surpreendem, porque são pessoas que atuavam para zelar pela segurança da população.

O soldado da PM disse ao ser preso que sua mulher, que está grávida, foi roubada e sabia que os responsáveis eram de uma biqueira e foi lá para fazer “justiça” e ficaria com o dinheiro porque “está passando fome”. A Polícia Militar informou que não compactua com ações do gênero e o soldado foi recolhido ao Presídio Romão Gomes, em São Paulo.

Caso do Vigilante

Já o vigilante de 43 anos, que trabalhava no Jardim Copacabana, foi preso pela Polícia Militar no último dia 16 em sua casa com armas, munições e drogas. Ele foi encaminhado ao Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.

Na casa do vigilante também havia caderno de anotações da venda de drogas e embalagens.