Depois de 18 horas rua é liberada em Jundiaí

A CPFL concluiu a troca de poste quebrado após a batida de um ônibus na avenida Fernão Dias Paes Leme com a rua Lima, no bairro da Ponte São João.

Foram 18 horas de transtornos para a população, que teve de usar a contramão de direção da rua Maestro José Maria Passos, em uma grande operação montada pela Divisão de Trânsito da Prefeitura de Jundiaí.

A Companhia enviou nota ao “Jornal da Região” esclarecendo que isolou a área do acidente, restabelecendo a energia elétrica para o bairro.

Mas demorou 9 horas para mandar uma equipe para fazer a remoção do poste quebrado. Moradores do bairro contaram que foi necessário esperar equipamentos e pessoal de Campinas, porque a CPFL não tinha em Jundiaí.

O promotor do Ministério Público da cidade, doutor Fabiano Pavan Severiano, está de olho na CPFL desde o ano passado, quando houve queixas da população pela demora no restabelecimento da energia na cidade.

A CPFL diz que tem investido na qualidade dos serviços na cidade.