Prefeitura de Jundiaí lança Centro de Pesquisa da Infância

Aberta oficialmente na noite desta quarta-feira (5), em cerimônia realizada na sede de Campo do Clube Jundiaiense, a III Semana de Atualização Pedagógica realizada pela Prefeitura de Jundiaí, da Unidade de Gestão de Educação, conta com mais 100 palestrantes, oficinas e workshops destinados para os educadores da Rede Municipal de Educação até sexta-feira, em 19 espaços da cidade, além da apresentação do Centro Internacional de Estudos e Pesquisa da Infância (CIEMPI) e do Currículo Jundiaiense. As atividades fazem parte do Programa Escola Inovadora, integrantes do pilar ‘Formação e capacitação’.

“Investir em Educação é investir no futuro das crianças. Jundiaí se preocupa em oferecer o melhor ensino para as futuras gerações, para que cheguem às próximas fases da vida, preparadas para os desafios que terão. A SAP é uma das ferramentas para que todos os profissionais de nossas escolas, envolvidos no processo de desenvolvimento educacional das nossas crianças, tenham acesso ao que há de mais inovador nos mais diversos setores que fazem parte da Educação. Com o Currículo Jundiaiense e com o CIEMPI todo o ciclo educacional é completo, contemplando o passado, o presente e o futuro das crianças”, argumenta o Prefeito Luiz Fernando Machado.

Com a participação de 1 mil profissionais da educação, entre todas as funções, a cerimônia contou com a apresentação feita pela gestora Vasti Ferrari Marques, sobre o CIEMPI. “A construção da Educação de uma cidade passa pelo presente, projeta o futuro e não se esquece do passado. A Educação de Jundiaí é rica em memórias e tem 75 anos de história, que serão expostos para que todos tenham acesso a este conhecimento. O CIEMPI ainda é um espaço para atividades para as famílias, as crianças e aos educadores, para que também recebam formação e promovam o desenvolvimento dos meninos e meninas de Jundiaí”, explica a gestora, que ainda cita a participação de Jundiaí na Rede Latino-Americana – Cidade das Crianças.

 

Formação

A abertura contou com palestra de Emília Cipriano, doutora em Educação pela PUC/SP, mestre em psicologia da Educação pela PCU/SP e graduada em Serviço Social e Pedagogia, com o tema “A importância da construção do currículo para a Educação da Infância numa perspectiva humanizadora”. “Os educadores formam gerações de pessoas e constroem comunidades. São eles que colaboram para o desenvolvimento de sociedades mais solidárias e com respeito à vida. Atividades como a SAP são fundamentais para agregar conhecimento”, explica.

Além da palestrante da cerimônia de abertura, o evento contou com a participação de mais nomes consagrados que estarão em Jundiaí até sexta-feira (7), compartilhando conhecimento. Lurdes Atié, Irene Vida Gala e Nora Cavaco também compareceram à cerimônia.

Para a professora e diretora da EMEB Rotary, Eliane Cristina de Campos Artico, a participação na SAP é momento de agregar conhecimento profissional. “Os temas são diversos e, para mim, são especiais. Sou professora e estou na direção, por isso, a liderança é um tema que me atrai. Outro assunto que participarei é sobre a educação infantil, que passa a ser realizada na unidade neste ano”, explica.

Já para o professor de matemática do Centro de Educação de Jovens e Adultos, Arlindo Alves da Silva, a participação ao longo da Semana é fundamental para a formação contínua do professor. “Desde a primeira atividade eu faço questão de participar. Neste ano, o tema da abertura que trata da humanização chamou a minha atenção”, destaca.