EMEBs começam entrega de material escolar

Lápis colorido, giz de cera e canetinhas hidrográficas anatomicamente adequadas para crianças com até 5 anos. Cadernos de capa dura ou de desenho entre outros artigos de uso educacional, além dos livros didáticos, começaram a ser entregues para o uso dos 38 mil estudantes da Rede Municipal de Ensino da Prefeitura de Jundiaí. O benefício, além de promover a igualdade entre os estudantes, gera economia para as famílias.

Na Escola Municipal de Educação Básica (Emeb) Professora Fátima Pandolpho, no Novo Horizonte, as crianças começaram a utilizar os kits de materiais nesta sexta-feira (14). Derik da Silva Moraes Reis, 5 anos, adora desenhar. Logo que os grupos receberam os materiais para o uso coletivo em sala, começou a desenhar como quer a sua festa de aniversário. “Eu quero que seja numa chácara, com muitas árvores, uma piscina. Para a festa vou chamar muita gente para comer bolo e brigadeiro”, contou o menino, que é apaixonado pela cor azul. “Pois é a cor do céu e da água”, completa.

Isabela Piske Pacheco gosta de desenhar pessoas. “Eu desenho a minha família: eu, meus pais e minha irmã pequena”, conta a menina, que gosta das histórias, das atividades e brincadeiras que faz na escola. Ela e os demais estudantes dos Grupos 4 e 5 fazem uso de materiais coletivos em sala de aula, facilitando a vida dos estudantes, já que não precisam carregar ou correr o risco de esquecer em casa.

“O uso coletivo do material escolar fornecido pela Prefeitura promove, além da inclusão, o pertencimento, já que todos usam o mesmo lápis, caderno, canetinhas etc. Outro ponto importante é o melhor uso do material e a economia que proporciona para as famílias. Além das crianças da Educação Infantil, que recebem o material para uso coletivo, os kits das crianças da Educação Fundamental são levados para casa, para que fazer os deveres e estudar”, detalha a coordenadora pedagógica da unidade, Priscila Cristina Peroni Pereira.

De acordo com a gestora da Unidade de Gestão de Educação, Vastí Ferrari Marques, a disponibilização dos materiais segue na próxima semana, nas unidades escolares. “Essa primeira semana foi de adaptação, de reconhecimento das crianças. Nossos alunos e alunas, inclusive da Educação de Jovens e Adultos (EJA), começaram a receber os kits para uso comum ou individual, nesta semana. Todos os materiais foram adquiridos pensando em oferecer o melhor para os estudantes e específico para cada faixa etária”, comenta a gestora, ressaltando a importância do Programa Escola Inovadora, desenvolvido desde 2017 nas unidades, com foco na qualidade do ensino, do ambiente e da formação contínua dos educadores.

Mãe de dois filhos estudantes na rede de Jundiaí, Sheila Fernanda Miranda Silva comemora a oferta dos materiais às crianças. “Eu entendo a entrega do uniforme e do material como a igualdade de condições entre as crianças, estabelecendo o pertencimento ao grupo, a igualdade. Para as famílias, a economia gerada também colabora com o orçamento doméstico, tão apertado no início dos anos. Só tenho a elogiar a qualidade e a entrega rápida que está sendo feita”, analisa.