Procurado se dá mal ao reagir à abordagem da Guarda

Um autônomo de 33 anos, morador na cidade de Louveira, se deu mal e foi preso ao reagir à abordagem de uma equipe da Guarda Municipal de Jundiaí na Via Anhanguera.

Por determinação da Justiça, a placa de um Gol, prata, foi inserida no banco de dados como veículo suspeito de participar de roubos a residências.

Quando a Guarda Municipal registrou a passagem  do carro pela Rodovia João Cereser, o alarme na Central de Monitoramento disparou e as equipes nas ruas ficaram de prontidão para abordagem.

O Gol acabou tomando rumo de Campinas pela Via Anhanguera e teve início uma perseguição.

O motorista não obedeceu às ordens de parada, de sinal de farol e muito menos com sirene.

Os guardas municipais conseguiram emparelhar a viatura com o Gol na altura do Km 71, em Louveira.

O motorista do carro reagiu e deu um tiro de revólver contra os agentes da lei. Diante da agressão, um dos guardas da viatura do Apoio Tático disparou um tiro de calibre .12 contra o Gol, acertando a lataria entre o tanque e a roda.

O motorista parou em seguida e tentou fuga para matagal, mais foi preso pela equipe formada pelos guardas De Paula, Francischini, Edmundo com a coordenação do Subinspetor Joel.

A guarnição conseguiu deter o sujeito que portava um revólver calibre 38 com numeração raspada e ainda 6 munições sendo uma já deflagrada. O veículo não tinha queixa.

Ele foi capturado e encaminhado até o Plantão Policial.

O delegado Dr Victor Hugo Pizzolatti determinou a prisão em flagrante do autônomo de Louveira, que foi indiciado por por Homicídio Tentando, Resistência, Porte Ilegal de arma de fogo e desobediência.

Agora a Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí poderá esclarecer alguns furtos e roubos à residências na cidade, com a participação desse veículo.

Após a elaboração do boletim de ocorrência o preso foi recolhido até o Centro de Triagem de Campo Limpo Paulista.