Traviú pode ter cursos de gastronomia e sommelier

A implantação e expansão de cursos de gastronomia e sommelier (especialista em vinhos) em Jundiaí, em parceria com o Centro Paula Souza (CPS) e o Consulado da Itália, foi discutida na manhã desta de quinta (5) no Paço Municipal, com a presença da diretora superintendente do CPS, Laura Laganá, e o cônsul-geral da Itália, Filippo La Rosa. Tendo à frente o prefeito Luiz Fernando Machado, a reunião discutiu a possibilidade de investir na rica cultura italiana do município, com foco principalmente na atividade turística.

O prefeito abriu a reunião agradecendo a parceria com o consulado, com quem a Prefeitura já tem uma parceria para inserção do idioma italiano nas escolas do município – uma iniciativa de muito sucesso, segundo o cônsul. “O modelo de colaboração entre o Consulado e as demais cidades do Estado é Jundiaí, sem dúvida”, disse Filippo La Rosa. “Pelos relatos que tenho, sei que esse trabalho está sendo muito bem-sucedido, e estamos à disposição para novas iniciativas”.

A intenção é aproveitar a estrutura já existente do CPS e levá-la para a região do Traviú, onde a restauração de uma escola poderia sediar uma nova estrutura para resgate da cultura italiana, em parceria com o Consulado. “A região já tem um grande potencial turístico e ações como essa podem incentivar a produção rural e o desenvolvimento do turismo, que já é um grande atrativo do município”, afirmou o prefeito.

A iniciativa foi bem aceita pela diretora superintendente do CPS. “Somos parceiros de Jundiaí e colocamos nossa estrutura à disposição para dar andamento ao projeto”, disse Laura Laganá.

Arquitetas da prefeitura ficariam responsáveis pela restauração da escola e de uma capela de 1914 existente no bairro.