Renner avisa que suspendeu as demissões

A Lojas Renner informou em comunicado nesta quarta-feira, 25, que tomou a decisão de não demitir colaboradores sem justa causa, por tempo indeterminado. A iniciativa ocorreu simultaneamente ao fechamento de todas as lojas físicas da varejista de moda, no último dia 20. É mais uma medida em resposta à crise gerada pela pandemia de coronavírus (covid-19) no Brasil.

A empresa informa que, para os colaboradores que trabalham em loja, deu a orientação de compensar horas ou concedeu férias. “Os times administrativos estão, em quase sua totalidade, atuando em regime de home office. Os centros de distribuição e as centrais de atendimento funcionam com quadro reduzido, seguindo todas as medidas de segurança e higiene”, informa a varejista.

Por Daniele Madureira/ Estadão Conteúdo