Prefeito manda suspender contrato dos radares

Por determinação do prefeito Luiz Fernando Machado, a Prefeitura de Jundiaí suspendeu nesta segunda-feira (30) o contrato para instalação e funcionamento dos radares da cidade. A decisão foi tomada após a assinatura do Decreto de Calamidade Pública, que incluiu várias medidas para reduzir o risco de contaminação dos moradores de Jundiaí pelo Novo Coronavírus (COVID-19), entre elas o isolamento social.

Ao todo, seriam instalados 58 equipamentos de forma gradual até maio. “Estamos focados no trabalho de combate à pandemia e queremos preservar o poder econômico da população, que vive hoje com receio de como esta situação acabará. Por isso resolvemos suspender contrato”, disse o prefeito Luiz Fernando Machado.

O gestor da Unidade de Gestão de Mobilidade e Transporte (UGMT) de Jundiaí, Silvestre Ribeiro, lembrou que a suspensão do contrato dos radares segue a linha da portaria, datada do dia 23 de março, que interrompeu a cobrança de parquímetro na cidade até que permaneça o Estado de Emergência no município.

“Tal medida se deu pelo fechamento dos comércios não essenciais e a necessidade de estacionamento dos profissionais que fazem parte dos grupos que se mantém na ativa como hospitais, pronto-atendimentos, farmácias e restaurantes”, lembrou Silvestre.