CPFL esclarece sobre áudio de WhatsApp

A CPFL informa que as informações divulgadas em WhatsApp por uma mulher não tem procedência. A equipe que foi até a residência era terceirizada identificada, que investiga fraudes nas ligações das residências.

No áudio, acompanhado de um texto informando que a autora é moradora do Jardim Paulista, ora que seria moradora do Medeiros, ou ainda da Roseira, em Jundiaí. A moradora conta que teria recebido uma equipe em sua casa, pedindo para fazer uma verificação no relógio da residência, mas para isso precisaria ter acesso a parte que fica no interior da casa.

Desconfiada, a moradora disse que ligou para o 0800 da CPFL onde foi informado que não havia qualquer ação de vistoria da empresa e que esse tipo de serviço só é feito quando solicitado pelo morador. Segundo ainda a moradora, ela não solicitou qualquer serviço da empresa, mesmo assim o suposto funcionário teria mostrado uma mensagem no celular indicando um pedido de serviço no relógio que fica na parte interna da casa.

A moradora seguiu recusando a entrada da suposta equipe, chegou a fazer foto do veículo com um dos funcionários e emitiu um alerta aos moradores do bairro.

O suposto funcionário disse que iria anotar a recusa da moradora, tirou uma foto do relógio e foi embora com o parceiro.

Veja a nota

“Por conta de um áudio com informações equivocadas que está em circulação em grupos de WhatsApp de diversas cidades, a CPFL Piratininga esclarece que os colaboradores em questão são funcionários de uma empresa terceirizada que presta serviços à distribuidora CPFL Paulista em uma cidade no interior do Estado e estavam devidamente identificados com crachás, uniformes, veículo com identificação da empresa e com ordem de serviço para a atividade.

A companhia destaca ainda que todas as distribuidoras do grupo realizam inspeções nos medidores de energia nas instalações dos clientes de forma rotineira, em um trabalho de segunda-feira a sábado. Na ocasião, a ação tinha como foco o combate a fraudes e furto de energia evidenciado pelo sistema de Inteligência Artificial da companhia naquela residência. Também esclarecemos que não foi identificado no sistema de Call Center a suposta ligação da cliente para buscar informações sobre o serviço.

Sendo assim, em caso de dúvidas em relação à necessidade de realização de qualquer serviço, o cliente pode entrar em contato por meio dos canais de atendimento, entre eles, o 0800 010 2570. Em casos de inspeção e outros trabalhos, é necessário solicitar aos colaboradores o número da nota de serviço e confirmá-lo com o atendente.

Caso não seja possível realizar a confirmação no momento, a orientação da empresa é de que o cliente não permita a execução do serviço e não assine ou entregue qualquer documento.”