800 pessoas pedem auxílio da Prefeitura de Itupeva

A Prefeitura de Itupeva deu início à entrega do auxílio cesta básica, criado para auxiliar trabalhadores informais, que são autônomos, e que estão com os serviços prejudicados com a crise do Coronavírus (Covid-19). Em três dias de programa Itupeva Solidária, mais de 800 pessoas já se cadastraram.

O prefeito Marcão Marchi solicitou que as cestas começassem a serem distribuídas o quanto antes. “A fome tem pressa e, por isso, vamos agilizar a entrega das cestas básicas. Vamos tentar amenizar o problema desses trabalhadores que estão na informalidade nesse momento tão difícil que estamos vivendo”, reforça Marcão.

Após a equipe gestora do projeto analisar o cadastro recebido, é feito o contato com o trabalhador, que se adequou aos parâmetros do programa, para orientá-lo em relação ao local e horário da retirada, com o objetivo de evitar aglomerações.

Esse auxílio é destinado para pessoas que tiram seu sustento e de suas casas como profissionais informais. Por exemplo, os vendedores ambulantes, manicures, cabeleireiras, barbeiro, doceiras, vendedores de lanche, entre outros trabalhadores que não têm renda fixa.

A entrega continua na próxima semana.

O programa Itupeva Solidária é coordenado pela Secretaria de Indústria, Comércio e Desenvolvimento Econômico em conjunto com a Secretaria de Desenvolvimento Social de Itupeva e Ouvidoria. Os novos cadastros serão recebidos até dia 8 de abril, pelo site da Prefeitura (www.itupeva.sp.gov.br) ou por meio da ouvidoria pelos fones: 156, 4591-4259 e 4496-2688.

*Quem pode se cadastrar?*
Segundo determinado, o trabalhador informal precisa ter mais de 18 anos, cumprir critérios de renda familiar, e não pode receber benefícios previdenciários, seguro desemprego, nem participar de programas de transferência de renda do Governo Federal, com exceção do Bolsa Família. Porém, todas as solicitações serão analisadas visando atender todos aqueles que tiveram suas atividades suspensas por conta da pandemia da Covid-19. É necessário residir em Itupeva e ser trabalhador autônomo informal com atividade comprovada no município.