Hospital confirma que fugitivo era tratado como Covid-19

O Hospital São Vicente de Paulo, no Centro de Jundiaí, prestou queixa na Polícia Civil de “Fuga de Paciente” da Enfermaria. Um homem sem documentos vinha sendo tratado com suspeita de Coronavírus (Covid-19). A fuga ocorreu por volta das 20 horas desta terça-feira (07) e foi capturado nesta quarta no Jardim São Camilo.

Mesmo sem autorização do médico o paciente saiu com a roupa hospitalar (camisolão) e tomou rumo ignorado.

O paciente foi socorrido há 10 dias pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) passando muito mal, com febre, tosse, coriza e falta de ar. Os mesmos sintomas do Coronavírus.

A equipe médica vinha tratando como se fosse a doença, aguardando resultado de exames (que levam de 10 a 15 dias para chegarem).

A equipe de segurança do hospital relatou à delegada Renata Yumi Ono que realizou buscas no quarteirão do São Vicente, no Centro da cidade. Em seguida ligaram para a Guarda Municipal e para a Polícia Militar.

O paciente deu entrada como desconhecido, por viver em situação de rua.

Posteriormente deu o nome de Claudemir Rodrigues. Possuí cerca de 35 anos, 1m70 e é moreno.