Therezinha, de 83 anos, é curada do Coronavírus na Sobam/Amil

Depois de 15 dias internada, vítima de Coronavírus, a senhora Therezinha Gemmi Chiquetto, moradora no Torres de São José, em Jundiaí, recebeu alta nesta sexta-feira (17) do Hospital Pitangueiras, totalmente curada.

O Médico residente Eduardo Mikio Sassaki, que cuidou dela durante o período de internação, escreveu um texto em sua homenagem:

“Jovem de 83 anos supera Coronavírus e mostra que momento é de esperança.”

Pedi permissão à você, Dona Therezinha, para contar a sua história, porque, neste momento, o que o mundo mais precisa é de boas notícias. Precisa de esperança. Precisa sentir um pouco todas as coisas boas que senti, e tudo o que aprendi com a senhora.
“Bom dia, minha bela vó dos olhos azuis.”
Assim era como começavam os meus dias. Dias que não estão sendo fáceis. Mas que nos mostram que vale a pena continuar acreditando. Que há uma luz no fim do túnel. Que a fé é o melhor remédio para curar essa doença.
Foram 15 dias de lutas juntos. Eu, a senhora, e Deus. E todos os dias, dizíamos: Com Ele, tudo pode. Sem Ele, ninguém pode.
E foi assim que vencemos. Conseguimos superar esse vírus que nasceu para nos separar. E com o coração cheio de esperança e felicidade, vi a senhora indo embora hoje do hospital. Superando todas as expectativas e surpreendendo todas as pessoas. Jamais esquecerei daquele momento. Do seu sorriso. Da paz que trazia no coração.
Por isso, tenho certeza que não é o fim do mundo. Mas o começo de um mundo melhor. Um mundo de abraços mais apertados e de sorrisos mais sinceros. Vamos sair mais fortes. Seremos mais felizes. Vai ficar tudo bem.
Sentirei falta dos nossos papos todas as manhãs. Mas estarei sempre aqui, “Vó”. Fique forte por nós.
De agora em diante, lutamos separados, mas juntos venceremos.
Peço que não se esqueça de mim, porque eu jamais esquecerei da senhora. Quando ainda criança sonhava em poder cuidar das pessoas, era para que pudesse viver momentos como este. E hoje você tornou o meu sonho, realidade. Levarei para sempre o seu exemplo.
Minha gratidão eterna por ter participado da sua trajetória.
Erga as mãos para o céu mesmo. E agradeça, vó. Nós vencemos!
Um grande beijo no coração!”.
O médico Fábio Turrini, assistente da enfermaria de clínica médica e preceptor da residência de clínica médica destacou a importância da dedicação dos profissionais nesse momento difícil. “Fico feliz, pois minha função é deixar médicos que vejam o paciente como um ser humano e que coloquem seus corações na frente de tudo”, afirmou.

Veja o vídeo 

VITÓRIA Curada de Coronavírus, idosa recebe alta na Sobam/Amil Depois de 15 dias internada, vítima de Coronavírus, a senhora Therezinha Gemmi Chiquetto, moradora no Torres de São José, recebeu alta nesta sexta-feira (17) do Hospital Pitangueiras, totalmente curada.

Posted by Jornal da Região on Friday, April 17, 2020

 

CORONAVÍRUSPaciente curada no Hospital São VicenteA paciente Lídia Bernardino da Silva, de 67 anos, recebeu, nesta semana, uma homenagem mais que especial da equipe de profissionais do Suporte de UTI do Hospital de Caridade São Vicente de Paulo (HSVP) em Jundiaí. Apresentando sintomas como tosse, febre e falta de ar, a paciente foi diagnosticada com infecção respiratória aguda por COVID-19 e internada no inicio do mês. A paciente recebeu aplausos calorosos no momento da alta. Após o susto, dona Lídia conta que está recuperada e matando as saudades de casa. “Foram sete dias de internação, entrei no dia 11 de abril e saí hoje, dia 17. Fiquei emocionada, achei linda a atitude deles. Fui muito bem atendida por essa equipe maravilhosa, que cuidou de mim com muita dedicação e carinho. Estou feliz por ter saído e por ter me recuperado. Peço para que todos se cuidem e desejo a todos do São Vicente muito força nesse momento”. Emocionados, os profissionais da equipe da enfermeira Valdirene de Souza Schlossarecke, expressaram a alegria que sentem por meio de um depoimento.“A vida é um aprendizado constante e nem sempre é feita só de coisas boas, pois quase sempre temos que passar pelas coisas ruins para aprendermos a agradecer as oportunidades que a vida nos oferece. Hoje, por meio de uma situação como esta que nós estamos enfrentando, reconhecemos cada dia mais a importância de tudo isso. Não temos palavras para expressar nossa alegria em ver um paciente indo embora de alta, pois a passagem por um hospital, por mais curta que seja, é muito delicada. Uma alta neste momento é tudo que mais desejamos a todos os pacientes. Vamos comemorar e vamos nos alegrar. Fazemos questão de nossa equipe acompanhar cada um até a porta com aplausos e palavras de motivação, pois isso se torna nossa força para continuar nesta caminhada e não desistir da nossa profissão. Iremos até o fim, até que tudo esteja bem, pois a cada alta reconhecemos que estamos no caminho certo”.

Posted by Jornal da Região on Friday, April 17, 2020

No Hospital São Vicente a Lídia Silva, de 67 anos, também foi curada