Grendacc volta a oferecer consultas médicas

O Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc) de Jundiaí volta a atender adultos e crianças pela Clínica Popular, com consultas a R$ 70,00 e também pelos convênios Saúde Bradesco, Medi Service e Unimed nas especialidades de fisioterapia, psicologia, nutrição e laboratório de análises clínicas.

Tal medida segue as orientações do último decreto municipal (número 28.970) de 17 de abril de 2020, que determina cuidados especiais, tais como o atendimento de um cliente por vez, de forma individual e com horário pré-agendado, a higienização frequente das mãos, além de manter os ambientes ventilados, redobrar o cuidado com a esterilização e o uso adequado dos equipamentos de proteção.

As consultas com a Equipe Multi da Clínica Popular podem ser agendadas diretamente no Grendacc e custam R$ 70,00. Pelos convênios os atendimentos devem ser agendados com os mesmos.

“Essa é uma forma de financiamento de recursos para o Grendacc, que passa por um momento difícil por conta da suspensão dos nossos bazares, festas e de todo o trabalho voluntário devido à disseminação do coronavírus (Covid-19),” comenta Katia Franciosi, gerente adjunta da instituição, salientando que todos os profissionais são altamente qualificados. “Vale lembrar que seguimos todas as orientações dos gestores de saúde para garantir a segurança de pacientes, colaboradores e equipe multidisciplinar.”

Doações

Devido à suspensão temporária dos bazares (inclusive o permanente), de todo o trabalho voluntário e das festas, o Grendacc teve uma queda de 20% em sua arrecadação, portanto precisa muito da ajuda da população de Jundiaí e Região para continuar cuidando das crianças e adolescentes em tratamento contra o câncer.

É possível doar de várias formas: por depósitos bancários, pelo telemarketing (no número (11) 4815-8440 – opção 4), baixando o aplicativo do Grendacc no Play Store do celular ou por meio da Nota Fiscal Paulista.

Grendacc

O Grendacc (Grupo em Defesa da Criança com Câncer) é uma instituição filantrópica, sem fins lucrativos, fundada em 18 de julho de 1995, que visa oferecer um atendimento humanizado e de qualidade para crianças e adolescentes com doenças oncológicas e hematológicas.