Transportadores de Campo Limpo fazem protesto

Os transportadores escolares da cidade de Campo Limpo Paulista iniciaram, na manhã desta quarta-feira (29) uma manifestação em frente da Prefeitura do município.

Segundo a Associação dos Transportadores, os profissionais estão sem poder trabalhar nessa quarentena de prevenção ao Coronavírus.

Sem trabalhar, os transportadores ficaram sem rendimentos e as contas continuam chegando, seja de impostos estaduais ou de municipais.

Para um transportador existem muitos custos, como os impostos obrigatórios do Estado e as taxas cobradas pela Prefeitura.

No último final de semana em Várzea Paulista os transportadores realizaram arrecadação de alimentos, para ajudar motoristas e monitores, além de pais de alunos, que estão sem ter o que comer dentro de casa.

Os transportadores esperam ser recebidos por algum representante do prefeito Japim Andrade e ficaram na porta da Prefeitura.

Dificuldades

Uma das transportadoras explicou a situação: “Sou transportadora escolar, nos somos autônomos, dependemos totalmente do transporte, temos filhos pequenos também, nos temos parcelas da van(que o banco não esta prorrogando as parcelas),Nao temos direitos ao auxílios que muitos pais receberam do governo, estamos querendo que a prefietura e o governo suspende nossa taxa semestreal esse ano, não é justo pagar se não estamos trabalhando concorda?? E as mensalidades todos estão fazendo um acordo com os pais, vai de um cada um procurar seu transportador escolar e conversar”

%d blogueiros gostam disto: