Prefeito faz videoconferência com diretores de hospitais

Por videoconferência, nesta quarta-feira (20), o prefeito Luiz Fernando Machado teve acesso a informações sobre a gestão dos leitos das redes pública e privada destinados a pacientes com coronavírus. Desta vez, o objetivo foi atualizar dados do plano de contingência, elaborado pelo Comitê de Enfrentamento, no que se refere à ocupação das enfermarias e UTIs de Jundiaí. Participaram representantes dos hospitais São Vicente de Paulo (HSVP) e Regional (HR), públicos, e os privados Paulo Sacramento (Intermédica), Pitangueiras (Sobam/Amil) e Santa Elisa / Unimed (Unimed).

Por videoconferência, hospitais apresentaram informações atualizadas sobre a gestão dos leitos

 

“Essa doença tem uma característica de crescimento rápido e exponencial e o acompanhamento em um espaço curto de tempo é cada vez mais necessário”, ressaltou o prefeito Luiz Fernando. Presente ao encontro, o gestor de Saúde, Tiago Texera, explicou que a administração municipal recebe, todos os dias, planilhas atualizadas sobre a ocupação de leitos e o número de respiradores em uso, tanto em hospitais públicos como privados, mas que a troca de informações é fundamental. “O plano de contingência precisa ser reavaliado com agilidade, a fim de cumprir seu papel, que é de proporcionar atendimento eficaz e administrar os recursos disponíveis”.

O Hospital São Vicente, principal porta de entrada para o atendimento de doentes do coronavírus, conta hoje com 242 leitos, 117 deles exclusivos para COVID-19, sendo 48 de enfermaria e 69 de UTI. Mesmo com todas as providências sendo tomadas, o momento é de máxima cautela, com etiqueta respiratória, uso de máscara e respeito à quarentena, segundo o prefeito. “Precisamos do esforço de todos no sentido de evitar a disseminação da doença e o colapso no sistema de atendimento”, disse.

A reunião também contou com a participação dos gestores  José Antônio Parimoschi (Governo e Finanças),  Fernando de Souza (Negócios Jurídicos e Cidadania), Gustavo Maryssael de Campos (Casa Civil) e Thiago Maia (Inovação e Relação com o Cidadão), além dos promotores de Justiça Fabiano Pavan e Rafael Oliveira Costa.