Saúde inicia testes da Covid-19 nos bairros

O Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) iniciou, segunda-feira (26), a segunda fase da pesquisa que objetiva mapear o avanço do Sars-CoV-2 pela cidade. A aplicação de testes rápidos em assintomáticos está sendo realizada em cerca de 1,3 mil domicílios sorteados conforme o mapa cartográfico municipal, levando em consideração quesitos como idade e densidade demográfica de cada localidade e tem por objetivo mapear o avanço do Novo Coronavírus na cidade.

“Jundiaí avança no combate à pandemia do novo coronavírus com a testagem ampla. É fundamental também identificarmos as pessoas que não têm os sintomas da doença, mas propagam o vírus. Essa nova etapa auxilia no sentido de termos um mapeamento mais completo dos casos e ações direcionadas na proporção do cenário de contaminação”, salienta o prefeito Luiz Fernando Machado. De acordo com ele, cidade se destaca pelo índice de testagem superior a países europeus, como a Alemanha, que realiza 25 testes a cada 1 mil habitantes. Jundiaí, com a testagem rápida e aquisição dos testes PCR, passará a ter testagem de 52 pessoas a cada 1 mil habitantes.

A pesquisa é realizada em parceria com a Faculdade de Medicina de Jundiaí e Unifaccamp, com meta de testar entre 4 mil a 5 mil pessoas que representarão o cenário epidemiológico da cidade. “Com a identificação, é possível avançar na realização das ações pontuais nos territórios, como já vem sendo feito com a distribuição de máscaras de tecido, carro de som com mensagem de orientação sobre a importância do isolamento e distanciamento controlado, etiqueta respiratória e o uso de máscara em caso de necessidade de deslocamento”, explica o gestor da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) Tiago Texera.

Homem usando máscara sendo entrevistado por mulher com roupas de procedimentos médicos

Testagem começou pelos bairros de referência da Nova UBS Traviú

 

Os testes nos assintomáticos estão sendo realizados por 10 equipes com integrantes ligados à FMJ, Unifaccamp e UGPS, devidamente identificados e com uso de equipamentos de proteção individual (EPIs). A testagem e a aplicação do questionário são feitas em ambiente externo à residência. Os moradores são convidados a participar.

Morador do bairro do Bom Jardim, Sebastião Ferraz teve o endereço da residência sorteado e recebeu a equipe na tarde dessa terça-feira (26). Em frente à sua residência respondeu a um questionário e teve uma gota de sangue colhida para o teste. “Achei esta iniciativa da Prefeitura muito positiva, pois tranquila e preserva a saúde da população. Tenho respeitado o isolamento social e só saio de casa para ir ao mercado e usando máscara”, explicou o autônomo, que reside sozinho.