Hospital de Itupeva passa por obras e ampliação

O prefeito Marcão Marchi e a secretária de Saúde, Luciane Cunha, visitaram na manhã desta quarta-feira, 8 de julho, o andamento das obras e ampliação do Hospital Municipal Nossa Senhora Aparecida, bem como o funcionamento da unidade hospitalar.

As obras em questão são realizadas pelos operários que seguem os protocolos sanitários e de saúde, em virtude da pandemia do Coronavírus, mediante utilização dos equipamentos de proteção individual.

Marcão Marchi afirmou que as obras da unidade hospitalar são importantes para os profissionais da saúde que lidam com vidas diariamente e também para os pacientes que necessitam de atendimento.

“A saúde é uma prioridade do nosso trabalho e a estrutura do hospital está sendo qualificada em benefício de todos. Sabemos que o caminho é longo, mas estamos no rumo certo, investindo em melhorias, em prol da população”, confirmou.

No local está sendo construída uma nova cozinha que passará a atender as Normas de Estabelecimentos em Saúde. “Também como parte da ampliação está no projeto o aumento de dois quartos para leitos; sala de fisioterapia; sala de nutricionista; vestiários – masculino e feminino – para funcionários e nova sala de necrotério”, detalhou o prefeito.

Além disso, após as ampliações mencionadas será possível uma reorganização interna que possibilitará uma adequação física para diversas instalações, dentre elas: o laboratório, a sala de coleta e a recepção.

A secretária de Saúde, Luciane Cunha salientou que essa ampliação que o hospital está passando possibilitará mais infraestrutura para os clientes internos (funcionários) e externos (pacientes), qualificando o processo de atendimento para os munícipes. “Além disso, com a nova sala de fisioterapia, o hospital estará mais equipado para auxiliar a reabilitação motora dos pacientes, assim como o atendimento será qualificado com a parte clínica da nutrição”, comentou.

Sobre os novos vestiários para funcionários, Luciane Cunha explicou que os espaços serão adequados, conforme legislação de recursos humanos. “Afinal, é extremamente importante esse acolhimento junto ao profissional que atenderá o nosso cliente externo. Portanto, essas medidas estão sendo realizadas pensando na humanização como um todo, por meio de uma reestruturação no processo de trabalho”, concluiu.