Jundiaí intensifica regras sanitárias para supermercados

Em situações epidêmicas, os protocolos são reavaliados conforme a necessidade identificada. Em Jundiaí, o Comitê de Enfrentamento ao Coronavírus (CEC) permanece em constante reavaliação das medidas sanitárias dos estabelecimentos para reforçar as ações para a contenção à pandemia do Novo Coronavírus. A publicação do novo protocolo sanitário (Anexo IV, decreto 29.150), nesta sexta-feira (24), define, entre outras medidas, forma de controle de acesso de consumidores ao interior dos estabelecimentos conforme a área do empreendimento.

As medidas foram apresentadas pela equipe da Vigilância Sanitária da Unidade de Gestão de Promoção da Saúde (UGPS) para representantes do setor para os ajustes e implementação das práticas. “Os supermercados, hipermercados e minimercados são locais onde a população necessariamente precisa ir, e, consequentemente, as regras sanitárias devem ser intensificadas para evitar que esses locais possam potencializar a transmissão do vírus respiratório. Por isso, a restrição de quantidade de pessoas por área (1 pessoa por 20 metros) reduz a circulação de pessoas num mesmo espaço, ao mesmo tempo”, explica a gerente da VISA, Adriana Swain Müller.

O novo parâmetro a ser considerado é o de um cliente para cada 20m2 da área total de vendas, excluindo áreas de recebimento, armazenamento, estacionamento, entre outras não destinadas à circulação de usuários. O controle de acesso também deve ser feito em sistema de fichas higienizáveis ou outro sistema que seja passível de comprovação de controle a partir das especificações de capacidade, que devem estar fixadas e visíveis na entrada do estabelecimento.

As demais medidas de higienização, permissão de entrada de consumidores somente com uso de máscaras, disponibilização de álcool 70° para consumidores em pontos estratégicos do espaço, higienização de máquinas de cartões, instalação anteparos acrílicos em áreas de atendimento ao público, demarcações no piso para distanciamento entre outras medidas que podem ser consultadas no decreto, disponível na página ‘Coronavírus’, no site da Prefeitura de Jundiaí.

De acordo com o gestor da Unidade de Gestão de Governo e Finanças (UGGF) José Antonio Parimoschi, além da reavaliação do protocolo de hipermercados, mercados e minimercados, outros segmentos também são constantemente revisados. “É um processo contínuo para o avanço das medidas de contenção ao avanço da doença de forma a proteger a população construída com o apoio dos setores envolvidos garantindo a execução e adoção das medidas”, detalha.

%d blogueiros gostam disto: