Três PMs morrem em ocorrência. Um deles era de Jundiaí

Três policiais militares da Força Tática do 23º Batalhão da Capital morreram na madrugada deste sábado (08), ao atenderem ocorrência de disparo de arma de fogo na avenida Escola Politécnica, no bairro Rio Pequeno, em São Paulo. Uma das vítimas era o sargento José Valdir de Oliveira Júnior, morador de Jundiaí.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública a viatura da Força Tática parou na avenida para averiguar a abordagem de um Fox branco a um motociclista.

Os policiais desceram da viatura. Um dos suspeitos se apresentou como policial civil com uma funcional entregando arma aos PMs.

Quando a equipe foi verificar a documentação, o indivíduo sacou uma segunda pistola e descarregou em direção aos PMs, que revidaram.

Dois policiais morreram durante salvamento: o sargento Oliveira Júnior e o companheiro Victor Rodrigues Pinto da Silva.

O soldado Celso Ferreira Menezes Júnior foi levado ao centro cirúrgico do hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Outras equipes da Polícia Militar foram ao local, conseguiram prender um dos marginais e entraram em confronto com o atirador, que foi baleado e socorrido.

Na consulta aos documentos descobriram que o indivíduo não é policial e usava documentos falsos.

O documento falso utilizado pelo atirador

 

O local onde ocorreu a abordagem e tiros contra os policiais militares