DIG prende membros de quadrilha que roubava residências em Jundiaí

Os policiais da Delegacia de Investigações Gerais (DIG) de Jundiaí, comandados pelo delegado Josias Guimarães, identificaram todos os integrantes da quadrilha que vinha aterrorizando moradores de vários bairros, com roubos a residências. Pelo menos 10 vítimas reconheceram os indivíduos. Um maior e um menor foram levados para a delegacia nesta terça-feira (18). As vítimas relataram que o menor era o mais violento, ameaçando atirar na cabeça das pessoas.

O “Jornal da Região” havia publicado uma série de roubos que ocorreram no município, desde o Jardim Guanabara, Residencial Almerinda Chaves, Torres de São José e mais recentemente em uma casa do Jardim Samambaia.

A quadrilha é formada por cinco homens.

Com autorização da Justiça os policiais civis foram até as casas dos envolvidos, mas só dois foram localizados.

Com os nomes e descrições dos elementos, é questão de tempo para colocá-los também na Cadeia, segundo os policiais civis.

A prisão dessa quadrilha era uma questão de honra para a Polícia de Jundiaí.

Os roubos

O método de “trabalho” dos bandidos dessa quadrilha era sempre o mesmo: eles aguardavam a saída ou chegada de algum morador e rendia na garagem. Depois colocava todos os pertences de valor nos carros das vítimas e fugiam.

Os veículos eram abandonados na Vila Marlene ou no Morada das Vinhas.

O mais recente roubo da quadrilha foi a uma residência do Jardim Samambaia, quando uma família recebia comida por encomenda. O motoboy também foi assaltado.

 

Jundiaí enfrenta série de roubos a residências

 

Mais uma família é vítima da gangue que rouba residências

%%footer%%