Parques reabrem com cuidados redobrados contra a COVID-19

Cinco dos noves parques municipais administrados pela Prefeitura de Jundiaí foram reabertos nesta segunda-feira (21), além do Parque da Cidade, que é de gestão da DAE S/A. A presença de pessoas foi baixa nos locais – em média 121 pessoas circularam pelos espaços, no período de funcionamento das 7h às 16h, por conta da pandemia da COVID-19.

O público pôde voltar a frequentar os parques em atividades individuais, tendo sido orientado a seguir regras específicas de acesso e protocolos sanitários para prevenir e mitigar a transmissão do novo coronavírus entre funcionários e frequentadores. Cartazes orientativos foram fixados nos parques a partir desta segunda.

Tiveram seus portões novamente abertos o Jardim Botânico, na Vila Hortolândia (visitado por 250 pessoas), Parque Botânico Eloy Chaves (50), Parque Botânico Aziz Ab’Saber, no Jardim das Tulipas (80), Parque Antônio Garcia Machado, no Jardim do Lago (70) e Parque Ângelo Costa, no Engordadouro (120). Todos estes espaços, inclusive o Parque da Cidade, que recebeu 160 visitantes, terão este horário de funcionamento de segunda a sexta-feira.

Também foram reabertos o jardim do Museu Solar do Barão (11 visitantes) e três complexos esportivos para atividades físicas individuais: o Nicolino de Lucca (Bolão), com 45 frequentadores nesta segunda-feira, Francisco Dal Santo, na Vila Rami (30), e Vanderlei Sperandio, no Santa Gertrudes (30).

A definição destes parques para a primeira etapa de reabertura considerou o fato de todas as regiões da cidade serem contempladas. Em razão de estar há mais de 28 dias na fase amarela do Plano São Paulo, Jundiaí está promovendo a reabertura gradual de seus espaços públicos de convivência.

O jardim do Solar do Barão funcionará em período compatível com o comércio, das 9h às 17h. A Praça Família Jundiaí & Espaço Pet (na Av. 9 de Julho) também ficará aberta para o uso da população de segunda à sexta-feira, das 7h às 16h.